hand-4448893_1920.jpg

VIBRAÇÕES

Música para Vibração

Vibremos

 

Nossa mente é como uma antena e ela atrai para nós o mesmo tipo de vibrações que emitimos.

Junte-se a nós em um único pensamento  aonde você estiver!

Todos os Domingos às 11:30 estaremos juntos em um único pensamento,  vibrando positivamente para o Planeta, para um amigo, um parente, um conhecido em necessidade de auxilio espiritual (não  há necessidade de enviar nomes) e tantas outras pessoas e situações que acreditamos demandar uma mudança positiva, irradiando energias salutares para criamos ao nosso entorno um ambiente de amparo, luz e sabedoria.

Acolhendo os ensinamentos de Jesus, palavra viva de Deus, nosso criador. Todos nós podemos contribuir para uma mudança positiva. Todos nós, como filhos de Deus, somos cocriadores da vida.

No momento das vibrações (onde estivermos) reunindo o que há de melhor em nós, confiantes no auxilio de Deus nosso pai, conhecedor de todas nossas necessidades, nos colocamos à disposição no recebimento do amparo ofertado neste momento. Mentalizando paz, saúde, equilíbrio, sabedoria para entender e sentir o amparo energético oferecido a  cada um de nós. Confiantes vamos a Jesus.... se imagine neste momento envolto dessas energias benéficas, imagine a figura do Mestre Jesus.... 

Agradeça ao final com uma prece sincera  e de coração

No decorrer dos dias sua postura mental, positiva e confiante neste amparo fortalecer os benefícios das Vibrações. 

Saiba o que são Vibrações  

 

Conhecer o que são vibrações traz entendimento do processo de amparo que nos favorece.  

 

A união de nossos pensamentos, irradiando energias positivas direcionadas à Deus, ao Mestre Jesus e a Espiritualidade Superior, movimenta energias salutares em nosso benefício (ao Planeta, a uma pessoa que conhecemos...)

 

Para Vibrações eficientes é necessário o entendimento que:

Você é a força motriz de sua modificação. Sua participação direta com as vibrações positivas terá alcance mais eficiente, por isso, ao solicitar vibrações a terceiros é necessário entender que isso não tira de você a força da mudança e sua participação no processo.

 

Não faça da solicitação das Vibrações uma prática somente para terceiros porque:

“Ainda outro inconveniente apresentam as preces pagas: é que aquele que as compra se julga, as mais das vezes, dispensado de orar ele próprio, porquanto se considera quite, desde que deu o seu dinheiro. Sabe-se que os Espíritos se sentem tocados pelo fervor de quem por eles se interessa. Qual pode ser o fervor daquele que comete a terceiro o encargo de por ele orar, mediante paga? Qual o fervor desse terceiro, quando delega o seu mandato a outro, este a outro e assim por diante? Não será isso reduzir a eficácia da prece ao valor de uma moeda em curso? ” Evangelho Segundo o Espiritismo, capítulo XXVI, item 3

 

 

O que podemos entender por Vibrações:

“O Espiritismo torna compreensível a ação da prece, explicando o modo de transmissão do pensamento, que impulsionado pela vontade alcança o ponto desejado, seja no caso de recepção de nosso apelo, ou no momento em que apenas lhe chegue o nosso bom pensamento. ” Evangelho Segundo o Espiritismo, capítulo XXVII, item 10

 

“... Dirigido, pois, o pensamento para um ser qualquer, na Terra ou na dimensão espiritual, de encarnado para desencarnado, ou vice-versa, uma corrente fluídica se estabelece entre um e outro, transmitindo de um ao outro o pensamento, como o ar transmite o som. ” Evangelho Segundo o Espiritismo, capítulo XXVII, item 10.

 

“Possuímos, em nós mesmos, pelo pensamento e a vontade, um poder de ação que se estende além dos limites da nossa esfera corporal. ”  Livro dos Espíritos, pergunta 662.

 

Evangelho Segundo o Espiritismo sobre o que é ser um homem de bem (cap. XVII, item 3), nos oferece ensinamentos eficientes na modificação psíquica e espiritual de nós mesmos e de nosso entorno, “o verdadeiro homem de bem é aquele que pratica a lei de justiça, de amor e de caridade em sua maior pureza. Se interroga a consciência sobre seus próprios atos, pergunta a si mesmo se não violou essa lei; se não fez o mal e se fez todo o bem que podia (...); respeita nos outros todas as convicções sinceras e não lança o anátema àqueles que não pensam como ele”.

 

“A prece em comum tem ação mais poderosa, quando todos os que oram se associam de coração a um mesmo pensamento e coligam o mesmo objetivo, porquanto é como se muitos clamassem juntos e em uníssono. ” Evangelho Segundo o Espiritismo, capítulo XXVII, item 15.

 

Visualizando o atendimento criamos condições para resultados promissores:

“... Algumas vezes, essas transformações resultam de uma intenção; doutras, são produto de um pensamento inconsciente (ou espontâneo) ”.  ”Pelo pensamento, eles imprimem neste fluido tal ou qual direção” trechos de A Gênese, cap. XIV, itens 14 e 15.

00:00 / 48:58
Fale Conosco

Obrigado pelo envio!

logo.png